terça-feira, 21 de junho de 2016

"Firmar a Cabeça"

"Firmar a cabeça" é o ato de livrar a mente, meditar e se concentrar nos trabalhos que estão sendo feitos e na vibração da entidade.




O ato de firmar a cabeça não tem uma receita ou uma maneira correta, porque é extremamente pessoal, mas existem algumas alternativas que propiciam uma melhora significativa e auxilia no ato:
  • Antes de começar os trabalhos concentre-se, permaneça em silêncio, converse com seus Guias e seus Orixás.
  • Acenda uma vela para seu anjo de guarda e para seu Guia buscando sintonizar-se com ele.
  • Estude, estude e estude porque as entidades também aprendem e você irá adquirir conhecimentos fundamentais que fazem parte da religião.
  • Aprenda a ouvir seus Guias e a seguir suas intuições, pois na maioria das vezes eles agem através delas.
  • No inicio dos trabalhos sinta o toque dos atabaques, escute e cante com atenção os pontos.
Se você é médium de incorporação, não se preocupe em acelerar as sensações e muito menos com o seu irmão. Cada um tem um tempo e uma percepção diferente sobre uma mesma sensação. Vejamos:

"Existem cinco estágios só no momento da incorporação, que são eles:

Primeiro - Percepção dos fluídos energéticos
Segundo - Aproximação da entidade
Terceiro - O contato
Quarto - O envolvimento
Quinto - A manifestação da entidade

Esses cinco estágios ocorrem de maneira muito rápida, em questão de segundos, se tornando imperceptível para aqueles que não estão em sintonia, ou seja, que não estão concentrados. Em outro caso, se o médium encontra-se firme, ele sentirá os cinco estágios, um a um, mesmo que de maneira rápida."

Além de tudo isso, a firmeza do médium é fundamental durante os trabalhos, pois é a firmeza de cada um dos membros da corrente que determina o andamento de cada um dos trabalhos executados.


Fonte: http://www.umbandadochico.com.br/blog/2010/09/25/a-firmeza-de-cabeca/
http://umbanda-xango.blogspot.com.br/2011/12/firmar-cabeca.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário